Existem muitas ocasiões para a perda da castidade. Fuja delas

A castidade é uma virtude fundamental para o cristão que quer seguir a vontade de Deus, valorizando todo ser humano por inteiro, não apenas o reduzindo a um objeto. Uma virtude tão grande como a castidade não é fácil de ser alcançada, e por isso, existem muitas ocasiões para a sua perda. Somente orando, vigiando e contando com a graça de Deus conseguiremos alcançar essa virtude.

Quem muito peca, é porque muito se coloca em perigo de pecar, e sofre de cegueira espiritual

Quando você insiste em se colocar em perigo de pecar, corre muitos riscos e acaba caindo numa cegueira espiritual. Isso é muito sério, pois quanto mais se aproxima do pecado, mais você vai ficando cedo e menos consegue enxergar as verdades de Deus. As luzes, as promessas, as consolações, o amor de Deus, isso tudo é esquecido quando vamos ficando cegos pelo pecado.

Conquiste a liberdade sobre as paixões e coloque algo bom no lugar

Na vida espiritual, sempre que tiramos algo de ruim precisamos colocar algo bom no lugar. Sem esse processo completo não há santidade. É preciso firmar a liberdade sobre todas as paixões, meditando constantemente sobre as verdades da fé.

A paixão pelo pecado pode ser vencida de 3 maneiras

A mesma arma que o demônio usa para te destruir, você deve usar para destruí-lo. Se o inimigo inflama o que é a sua fraqueza, devemos lutar intensamente para eliminar essa paixão. Sobre esse e outros temas fundamentais para vencer o mal tratará o artigo de hoje.

Não abra espaço para o inimigo agir na sua vida

O diabo sempre tenta encontrar aquilo que mais te agrada, a sua maior fraqueza, para te fazer cair gravemente. Existe em nós uma vontade de fazer coisas erradas, e essa vontade é herdada do pecado original. É em cima dessa vontade desordenada que o inimigo age para te fazer cair.

Buscar apenas sentimentalismo e arrepios impede o amadurecimento da vida espiritual

Algumas pessoas sentem dificuldades em avançar na vida espiritual porque buscam na oração e práticas de devoção apenas a satisfação de um sentimentalismo. Rezar com sentimentalismo e não com a vontade e a decisão é o que cria essa estagnação.