A Igreja Sofre com a intolerância mas não se calará
Sem categoria

A Igreja é perseguida pela intolerância e sangra, mas não se calará

Hipócritas de todas as partes do mundo defendem ideologias nefastas que estimulam a destruição do ser humano em sua essência. Toda liberdade que te leva à infelicidade e ao desespero não deve ser considerada como um bem. Por outro lado, a obediência que leva à alegria, ao contentamento, ao amor, é realmente libertadora. O mundo jaz nas trevas e as pessoas incompletas sem Deus, elegem a Igreja como culpada por sua infelicidade.

Veja também:

A intolerância contra a Igreja

Muito se fala sobre intolerância e liberdade hoje em dia, e uma mídia utilizada pelo maligno acaba entrando num jogo que busca atacar a Igreja Católica Apostólica Romana. Movimentos como o feminista, partidos comunistas e outros, sonham com a destruição completa da Igreja de Cristo.

feministas contra a Igreja
Foto: Divulgação/Twitter

Os últimos acontecimentos no Chile e toda a movimentação contra a Igreja em diversos meios mostra a intenção de muitos que lutam contra os ideais cristão. A Igreja de Cristo apresenta um caminho de amor, de valorização do ser humano, da vida e da família. Do outro lado, os valores são a desordem, a sexualidade desenfreada, a objetificação do ser humano, o mal.

A Igreja, com coragem, se coloca contra tudo o que destrói o ser humano. Alguns grupos, alegando o direito de se destruírem, colocam a culpa de sua infelicidade na Igreja, e tentam destruí-la.

Foto Prensa Libre
Foto: Prensa Libre

Dizer que algo está errado e leva à destruição, não é intolerância, é amor. A intolerância se manifesta quando se quer a destruição do outro. É exatamente o que os movimentos que defendem a “falsa intolerância” querem: a destruição da Igreja. As fotos deste artigo são dos lamentáveis acontecimentos recentes no Chile, mas a violência contra cristãos tem aumentado em todo o mundo. Por que a grande mídia não fala disso?

Foto: Conferência Episcopal do Chile
Foto: Conferência Episcopal do Chile
Foto: EFE/Orlando Barría
Foto: EFE/Orlando Barría

Tolos! Não sabem que nossa Igreja não é baseada no material, que são apenas representações, afinal, a Palavra do Senhor nos diz: “Não temais aqueles que matam o corpo, mas não podem matar a alma; temei antes aquele que pode precipitar a alma e o corpo na geena.” (Mt 10,28).

E por falar em sangue, muito sangue cristão inocente tem sido derramado. Será que vidas cristãs também importam, ou isso não gera nenhuma reação dos meios de comunicação?

O atentado na França

atentado na basílica de Notre Dame em Nice
Atentado na basílica de Notre Dame em Nice. Reprodução: Aleteia


Um atentado na Basílica de Notre Dame em Nice, no sul da França, deixou ao menos três mortos na quinta-feira, 29 de outubro. Mortes violentas que mostram o nível do extremismo e do ódio à religião católica. Acesse a matéria completa aqui.

A intolerância na Índia

Casos de cristofobia, que “não existem” segundo a “grande mídia” ocidental, aumentaram 40,87% na Índia só durante a pandemia de covid-19. Trata-se de assassinatos, agressões e discriminação. Confira a matéria completa aqui.

Embora até governos estejam se vendo obrigados a reconhecer que os níveis de perseguição contra os cristãos no planeta chegaram a patamares de genocídio, ainda é preciso conviver com negacionistas ideologicamente enviesados que não apenas negam os fatos, mas, baseando-se em narrativas puramente retóricas e sem apresentarem dados e números, ainda proferem insultos como o de que a cristofobia seria apenas “um projeto político que visa a consolidar a soberania de uma religiosidade antidemocrática

Se ficou curioso sobre o termo “cristofobia”, acompanhe um artigo completo e abrangente aqui.

A Igreja sangra, mas não se calará

Contra toda a ideologia humana, todo o ódio e o pecado, simplesmente bastam as palavras firmes de Cristo, que nos garantem que as portas do inferno não prevalecerão sobre a sua Igreja. (Cf Mt 16,18).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *