servos da Igreja
Agregando Valores

Seu trabalho na Igreja é por amor a Deus ou por vaidade? Veja 4 sinais para descobrir

A Igreja é formada por seus membros que são homens e mulheres com suas falhas e limitações. Dessa forma, como estão sujeitos a erros, é possível que alguns deixem seus sentimentos humanos falarem mais alto do que a missão. Pessoas vaidosas, que buscam trabalhos para sua glorificação terrena, não estão investindo para a verdadeira glória no céu.

As quatro dicas a seguir são de Santo Afonso Maria de Ligório, em “A Prática do amor a Jesus Cristo”

Primeiro: quem age só para Deus não se perturba em caso de fracasso, porque Deus não querendo, ele também não quer.

Segundo: alegra-se com o bem que os outros fazem, como se ele mesmo o tivesse feito.

Terceiro: sem preferências para trabalhos, aceita de boa vontade o que a obediência lhe pede.

Quarto: tendo cumprido o seu dever, não fica à espera de louvores nem aprovações dos outros. Por isso, não fica triste se o criticam ou desaprovam, alegrando-se somente em ter contentado a Deus. Se, por acaso, recebe qualquer elogio do mundo, não se envaidece, mas afasta a vanglória, dizendo-lhe: Segue o teu caminho, chegaste tarde porque o meu trabalho já está dado todo a Deus.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *