tempo para amar
Agregando Valores

Quanto tempo ainda te resta para amar?

O que você tem feito com o tempo que Deus te deu? O que tem feito de sua vida e que mensagem passa para as pessoas que você ama? Quando você se for, lembrarão de você pelas obras amorosas que realizou? Pelas demonstrações de afeto, compaixão e solidariedade? Conseguiu transformar o Khronos, tempo que passa, em Kairós, tempo que permanece?

No artigo de hoje, você lerá uma história contada pelo Padre Fábio de Melo no livro Carta Entre Amigos, que escreveu junto com Gabriel Chalita.

Quanto tempo ainda te resta para amar?

tempo para amar

Certa vez me encontrei com uma moça deprimida com o câncer do pai. Ela me contou que o diagnóstico recebido lhe dava apenas três meses de vida. Já haviam se passado dois meses, em que ela viveu trancada em seu quarto, mergulhada em uma tristeza sem fim. Eu a questionei: “Você tem três meses ao lado de seu pai e escolheu passá-los trancada em seu quarto? Não seria melhor você entregar a seu pai sua melhor parte nesse tempo que lhe resta? Quantas pessoas não têm essa oportunidade! Perdem as pessoas que amam sem mesmo terem tido a chance de uma última palavra…”.

Ela me olhou assustada, como se tivesse acordado para uma nova forma de enxergar o mês que lhe restava. Eu lhe pedi que mudasse a frase. Em vez de dizer: “Só tenho um mês ao lado de meu”, ela diria: “Ainda tenho um mês para amar e ser uma boa filha!”.

Aqueles últimos dias foram dedicados aos gestos poéticos. O cuidado, o amor, o carinho fizeram com que as metástases não ultrapassassem os limites da carne. Elas deixaram de atingir a alma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *