jovens
Agregando Valores

Jovem: esperança de hoje e de amanhã

De 22 a 27 deste mês acontece a Jornada Mundial da Juventude. É importante para nós, como Igreja, acompanhar esse evento, que completa 33ª edição e se iniciou com o saudoso são João Paulo II, foi continuado pelo papa emérito Bento XVI e, agora, tem à frente o entusiasmo do papa Francisco.

Veja também: Foi Assim, uma música que mostra como Jesus nos conquistou.

A reflexão baseia-se no Evangelho de Lucas 1,38: “Eis aqui a serva do Senhor, faça-se em mim segundo vossa Palavra”. Nessa frase de Maria, vemos a abertura de coração e de alma para acolher a vontade divina. Ela sai às pressas para ajudar sua prima Isabel, que, na velhice, também espera um filho, por graça de Deus. Maria é a mulher pronta para servir.

O papa Francisco diz não esperar “jovens de sofá”, isto é, parados, sem criatividade e disposição para anunciar aos seus pares a boa-nova do evangelho. Vemos, no nosso dia a dia, a disposição dos jovens para tantas coisas que muitas vezes não têm um valor maior; passam horas atrelados ao celular, sem existir comunicação efetiva entre eles.

jovens e celulares

Os meios digitais são úteis, mas deve haver limites. Daqui a pouco aparecem outros mais interessantes, e assim a vida vai passando sem que haja, por parte da juventude, uma tomada de consciência da missão a que é chamada. Não podemos viver só voltados para o imediatismo, para o passareiro; precisamos ter ideais maiores.

O mundo atual está vivendo uma crise muito grande de valores: éticos familiares, religiosos, políticos e morais. O jovem de hoje precisa se preparar para mudar essa realidade, sair do vício da corrupção, da politicagem, da esperteza.

Necessitamos de famílias constituídas segundo os valores cristãos. Olhemos para a Virgem Maria, mulher orante, de fé humilde e discreta.

maria

Ela estava sempre presente não como simples ouvinte ou convidada, mas atenta aos acontecimentos. Foi ela que, em Caná da Galileia, disse a seu filho, Jesus: “Eles não têm mais vinho”. Isso é estar presente para servir. Somos Igreja e, como tal, não podemos ser indiferentes às realidades de cada dia com seus desafios. O mundo pode e deve ser melhor, e isso depende de cada um de nós. Jovem, levante, vá à luta! Você é nossa esperança hoje e amanhã.

D. Geraldo Majella Agnelo – Cardeal Arcebispo Emérito de Salvador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *